Como crio um site amigável ao Google?


Coisas a fazer

Dê aos visitantes as informações que eles estão procurando
Forneça conteúdo de alta qualidade nas suas páginas, principalmente na sua página principal. Essa é a coisa mais importante a fazer. Se as suas páginas apresentarem informações úteis, seu conteúdo vai atrair vários visitantes e vai motivar os webmasters a criarem um link para o seu site. Para criar um site útil e rico em informações, elabore páginas que descrevam seu assunto de forma clara e precisa. Pense nas palavras que os usuários digitariam para encontrar suas páginas e inclua essas palavras em seu site.

Verifique se outros sites têm um link para o seu
Os links ajudam nossos rastreadores a localizar o seu site e podem aumentar sua visibilidade nos nossos resultados de pesquisa. Para gerar os resultados de uma pesquisa, o Google leva em consideração o PageRank (medida da importância de uma página) juntamente com técnicas de correspondência de texto sofisticadas para exibir páginas que sejam importantes e relevantes a cada pesquisa. O Google conta o número de votos que uma página recebeu como parte da sua avaliação de PageRank, considerando que um link da página A para a página B é um voto da página A para a página B. Os votos provenientes de páginas consideradas “importantes” têm mais valor e ajudam a tornar as outras páginas “importantes”.

Lembre-se de que os algoritmos podem diferenciar links naturais de links não-naturais. Links naturais para o seu site são desenvolvidos como parte da natureza dinâmica da web, quando outros sites vêem valor no seu conteúdo e concluem que um link para o seu site será útil para seus próprios visitantes. Links não-naturais para o seu site são criados especificamente para fazer com que o seu site aparente ser popular para os mecanismos de pesquisa. Alguns desses tipos de links (como esquemas de link e páginas “de entrada”) são citados nas diretrizes para webmasters.

Apenas os links naturais são úteis para a indexação e a classificação do seu site.

Facilite o acesso ao seu site
Crie seu site com uma estrutura de links lógica. Cada página deve ser acessada a partir de pelo menos um link de texto estático.

Use um navegador de texto, como o Lynx, para examinar seu site. A maioria dos indexadores vê o site da mesma forma que o Lynx. Se recursos como JavaScript, cookies, IDs de sessão, frames, DHTML ou animações em Macromedia Flash não permitirem que você veja todo o site em um navegador de texto, os indexadores vão ter dificuldade em rastreá-lo.

O que deve ser evitado

Não encha a sua página com listas de palavras-chave, não tente “camuflar” páginas nem criar páginas “somente para o rastreador”. Se o seu site tiver páginas, links ou textos que não foram criados para os visitantes, o Google vai considerá-los enganosos e vai poder ignorar o seu site.

Não se sinta obrigado a contratar um serviço de otimização de mecanismo de pesquisa. Algumas empresas afirmam “garantir” a alta classificação do seu site nos resultados de pesquisa do Google. Embora algumas empresas de consultoria legítimas possam melhorar o fluxo e o conteúdo do seu site, outras empregam táticas enganosas como tentativa de ludibriar os mecanismos de pesquisa. Tenha cuidado. Se o seu domínio estiver associado a um desses serviços enganosos, ele vai poder ser banido do nosso índice.

Não use imagens para exibir nomes, conteúdo ou links importantes. Nosso rastreador não reconhece o texto de imagens. Use os atributos ALT se o conteúdo principal e as palavras-chave em sua página não puderem ser formatados em HTML normal.

Não crie várias cópias de uma página em diferentes URLs. Muitos sites oferecem versões de texto ou versões para impressão que possuem o mesmo conteúdo das correspondentes páginas ricas em imagens. Para garantir que sua página preferida esteja incluída em nossos resultados de pesquisa, vai ser necessário bloquear páginas repetidas dos nossos indexadores usando um arquivo robots.txt. Para obter informações sobre como usar um arquivo robots.txt, visite o nosso tópico de informações sobre como bloquear o Googlebot.

Fonte: Google.com – Ajuda para Webmasters


Categoria: Otimização de Sites (SEO)