Como transformar seu Site em um Site Vendedor e obter sucesso


Você deve avaliar o objetivo de sua campanha. Por que motivo Você vai fazer alguma peça publicitária. E aqui entenderemos seu website como tal.

Sua intenção pode ser a de estar na cabeça do seu público. Ou vender uma idéia que lhe dê respeitabilidade, lembrança, etc. Algo como falar de meio-ambiente e apenas colocar sua marca presente na peça. Isto transmite uma idéia, mas não vende. Não vende diretamente, ao menos.

Por outro lado, se sua intenção é efetuar uma venda, deve fazer isto de forma direta, consciente, correta. Lembrando que neste caso vale o dito acima de que a intenção é promover uma venda. Os princípios aí aplicados devem ser os princípios da habilidade de vender.

Ao elaborar uma peça publicitária ou avaliar uma, pense: “Isso ajudaria um vendedor a vender sua mercadoria?” É desta forma que deve ser redigida, montada, estruturada. “Deve ajudar a Você se Você estivesse diante do comprador em pessoa”.

Então vamos ver como isto funciona na internet. Você pretende ou deve fazer uma publicidade num Portal ou alguma campanha por e-mail. Ou até mesmo, montar ou reestruturar o website de seu empreendimento.

Quem são seus leitores? A quem deve se dirigir? Como fazer com que leiam sua mensagem? Como escrevê-la? Algumas premissas devem ser observadas.

Tenha em mente na sua campanha quais são seus pontos fortes, seus diferenciais. Aquilo que faz sua empresa, por exemplo, seu hotel, pousada ou restaurante, mesmo estando lado a lado com outro empreendimento similar, ser diferente aos olhos de seu cliente.

Pensemos numa pousada. Localizada numa praia, por exemplo. Que conteúdos colocar ou destacar no seu website? Se sua pousada é única numa determinada praia, Você pode até explorar este quesito. Colocá-lo em destaque. Mas se há outras pousadas na mesma praia, isto não é diferencial para seu empreendimento.

Assim, avalie, quais são os diferenciais de seu empreendimento. E destaque-os!

Devemos nos expressar de forma breve, clara e convincente. Mas escrever o bastante para dar a informação.

O autor parte do princípio que ninguém lê anúncios por diversão. O que parece óbvio. Você já clicou em um Banner que oferece algo que Você não está procurando? “Os únicos leitores que temos são as pessoas a quem interessa nosso assunto”.

As pessoas estão procurando informações quando visitam um website Dê informações a elas, o bastante para que se ponham em ação. Parece redundante? E é. Mas avalie muito bem isto!

“A razão para a maioria dos malogros em propaganda é tentar vender às pessoas aquilo que elas não querem”. Busque nas campanhas por e-mail oferecer algum serviço ou benefício. Isto desperta a atenção e faz com que a pessoa vá buscar informação. E isto deverá estar na seqüência do e-mail.

“Não pense nas pessoas como massa. Isso lhe dará uma visão anuviada”. Pense num indivíduo típico que, provavelmente, irá querer aquilo que Você vende. Isto é muito importante numa campanha por e-mail, por exemplo. Textos padronizados são facilmente identificados e incomodam a muitas pessoas.

Você deve conhecer seus clientes e aquilo que os agrada, saber o que buscam. Sim, num website Você estará falando com clientes e com (ainda) não clientes. Mas deve saber o que leva seus clientes à sua pousada ou restaurante. Isto deve ser explorado em campanhas, isto é um diferencial de seu negócio na visão do cliente. Isto é olhar com os olhos do Cliente.

E daí, “Tente colocar-se na posição do comprador”, oferecendo-lhe o que o agrada. Você já sabe o que é. Ofereça por um preço diferenciado, por um período maior, para aproveitar algum evento ou festa em sua localidade, ou ainda, para aqueles períodos especiais, dê-lhe preferência nas reservas. “Seu êxito depende grandemente disso”, de colocar-se na posição do comprador.

E como saber o que seus clientes vêem como diferencial em seu empreendimento? Perguntando a eles. Acredite, eles lhe dirão! Faça pesquisas com seus clientes. Faça pesquisa com clientes ou visitantes do site. Você “fica sabendo o que possíveis compradores desejam e quais fatores que não têm atrativos”. E utilize as informações que receber!

Fonte: Roberto Lima (Site Viageiro.com)


Categoria: Otimização de Sites (SEO)